domingo, 25 de março de 2018

Mostar


O caminho de Sarajevo para Mostar já é um encanto a parte. Com o rio as margens da rodovia, cercado por belas montanhas é uma otima composição para uma bela fotografia.




 A cidade é conhecia pela sua velha ponte do século XVI, sobre o rio Neretva. Ela havia sido completamente destruida na guerra que assolou a Bósnia entre 1992 e 1995. Ela foi reconstruida em 2004.



 Além da ponte o centro histórico também é muito bonito, e foi tombado como patrimonio mundial pela Unesco. As construções otomanas chamam a atenção e parece levar para uma máquina do tempo. Olhando ao redor poderá ver uma mesquita mulçumana ou uma igreja cristã.  E muitas lojinhas, o turismo é a base de sustento dessa cidade.







 Outra atração da "Stari Most" a ponte são os mergulhos Muitas pessoas principalmente os locais, não se intimidam com a água gelada do Rio, e vão até o topo da Ponte para saltar nas águas. Assim desde 1969 existe uma competição de saltos todo o verão. Olhando o Rio Neretva, com águas limpas e claras, até da vontade de pular, mas quando chega no ponto mais alto da ponto, falta a coragem! Somente mesmo para corajosos encarar esse desafio.












 A cidade vem se tornando grande destino turistico para quem visita a Bósnia e também a Croácia, e perto dali em Medjugore, fica o maior santuário cátolico da Bósnia.




quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

De olho no jardim

 Muitas vezes pensamos que para tirar algumas fotos, precisamos sair, viajar ou ir para um local "apropriado".



Mas na realidade não precisamos ir tão longe. Muitas vezes debaixo do nosso nariz, temos oportunidade de clicar, os mais simples cenários do nosso cotidiano.
Acostumados sempre a ver as mesmas coisas, deixamos passar despercebidos e não valorizamos o que está ali diante de nossos olhos.








 Quem tem um jardim, pode se "divertir" com uma câmera na mão. Basta estar atento aos detalhes.
Um olhar mais atencioso e uma perspectiva diferente, e podemos sair do conforto e do costume, e vislumbrar uma maravilha.




 Dai basta a criatividade, algum equipamento e uma inspiração. E conseguimos valorizar o que era comodo e trazer para nós um novo valor. Assim eternizando em uma fotografia detalhes que passam despercebidos, mas que estão ali todos os dias, mudando, enriquecendo e fazendo a diferença na vida e no olhar.